terça-feira, 17 de novembro de 2015

A comunidade na escola: a contribuição da família no processo educativo.

Fonte:https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcT_nA6ggCvV0ZLd4nUhy69kP6o_YcC-tZvWO8j9xFzlRNFi4m5iMA

A descentralização do “poder dos gestores” vem trazer diversas indagações, para o âmbito escolar. Dessa forma a participação da comunidade pode ajuda positivamente a escola e negativamente o ambiente escolar. Sendo assim, como os gestores devem atuar em situações que a comunidade interfira negativamente na instituição e o que a família pode contribuir no processo educativo levando o aluno a se tornar um ser critico e reflexivo no processo educacional? Como os professores devem atuar junto às famílias?

Obs.: Essa postagem tem por finalidade a participação dos alunos do curso de Pedagogia para uma atividade colaborativa (GV GO). Onde devem manter uma discussão saudável para um maior aproveitamento da turma para com o assunto. Os registros de terceiros serão mantidos desde que contribuam com o assunto e não seja ofensivo.

Equipe: Ademir, Adrielle, Aparecida, Dácia, Eli, João Eliton, Jocilene, Maria José, Naiara, Renata, Maria Rosiele, Terezinha.





terça-feira, 27 de outubro de 2015

Uma reflexão sobre a atuação da Coordenação Pedagógica

Prof. Esp. Wecsley Oliveira
fonte da imagem: http://escolaeducacao.com.br/wp-content/uploads/2015/06/curso-de-coordenacao-pedagogica.jpg

A problemática da atuação da coordenação pedagógica, sobretudo no que refere à formação continuada de professores, tem gerado indagações tanto no contexto escolar quanto nas produções acadêmicas. Como deve atuar o coordenador pedagógico? Qual a quantidade necessárias desses profissionais numa instituição de ensino? O que deve saber para exercer sua função?

Obs.: essa postagem tem a finalidade de explorar as TICs na execução de atividade colaborativa. Os alunos do curso de Pedagogia manterão uma discussão saudável e coerente através do registro de comentários. Os registros de terceiros serão mantidos se o conteúdo contribuir positivamente com a proposta da atividade, do contrário, serão excluídos.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Homenagem ao Dia dos Professores - FTM Arte-educação

Prof. Wecsley Oliveira
As aulas no curso de Pedagogia nas Fise são simplesmente revigorantes. No dia 15 de outubro, quando comemoramos o dia dos professores, convidei meus colegas para juntos fazermos uma homenagem. Reconheço meus alunos como colegas, são professores como eu, ainda que em formação.

Iniciamos o trabalho assistindo um vídeo bem humorado com o personagem Pateta da Disney. O título "Professor também é gente". Descontraímos rindo com os exageros das situações expostas no vídeo. E seguida, foi exibido o vídeo com o poema "Ser Professor", que ajudou a promover momentos de reflexão.

Levei para a aula 4 cartazes, 3 contendo a ilustração de árvores secas com um lápis escrevendo a palavra 'educação' e um com o poema "Ser Professor. Meus colegas receberam folhas em branco e foram convidados a transformar as ilustrações atribuindo um novo significado. Os cartazes foram expostos fora da sala de aula, mas antes disso, fizemos uma avaliação ponderando a construção colaborativa dessa homenagem.

Retornei à "Leráfia" com o coração repleto de energia positiva. Me sinto orgulhoso e grato ao universo ao ver os sorrisos, os olhos brilhando, a movimentação na sala, a construção efetiva dos cartazes... comemorei o dia dos Professores fazendo o que mais gosto, trabalhando em equipe.

confiram o vídeo com o poema e as fotos desse momento sublime.





O início




O fim


O meio












































sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Oficina Asas do Conhecimento voando longe

Prof. Wecsley Oliveira
"Eu sou importante para Deus da mesma maneira que são as borboletas"
frase do aluno no trabalho de arte
A Oficina "Asas do Conhecimento" foi além das minhas expectativas. As asas do conhecimento alçaram vôos que foram além das dependências das Fises. Minhas alunas Kátia Cilene, Luzemilca e Diana gostaram tanto do resultado que resolveram aplicar com seus alunos.

Logo que a exposição foi constituída pude observar os olhares contemplativos das pessoas que passavam e paravam para ler as mensagens que foram escritas. Para minha surpresa, uma semana depois do material exposto, ele ainda estava lá, intacto, e olhe que durante o dia no prédio funciona uma escola para crianças.

Mas certamente a melhor surpresa dessa oficina está sendo o rompimento das barreiras da instituição. Kátia Cilene aplicou lindamente os procedimentos de composição dos móbiles com seus alunos e me emocionou ao afirmar que um dos alunos, portador de necessidades especiais, participou efetivamente de todos os procedimentos e no final foi aplaudido de pé pelos colegas. Nossa, só de imaginar a satisfação desse menino sendo aplaudido fico emocionado. "Eu sou importante para Deus da mesma maneira que são as borboletas" afirmou o aluno especial na mensagem que eles escreveram no móbile.

Sempre tive e tenho muitas dúvidas em minha vida, a única certeza além da morte é o meu amor pelas artes, sejam elas visuais, sonoras, sensoriais... e ver essa arte tão presente em mim e construída a muitas mãos, motivando e valorizando a autoestima de outras pessoas de alguma forma, também me faz sentir bem...

Ainda não tenho os registros de Luzemilca e Diana, mas as fotos feitas por Kátia Cilene são de encher o coração de orgulho e amor.















A danada não aquietou quando chegou em casa e preparou outro móbile com o sobrinho.







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...